Tarot e numerologia

Virada do ano astrológico para 2018

Virada do ano astrológico para 2018

(imagem: Munalú)

Feliz 2018!
Hoje se inicia um novo ano, astrologicamente falando. O sol entra no signo de Áries e traz uma energia de força e vitalidade. Áries é de uma energia bruta infantil e ativa as mudanças rápidas. Esse signo tem como característica a impulsividade e a falta de tato em lidar com pessoas, o que tende a comprometer assuntos ligados a grupos de trabalho e estudo. Ao mesmo tempo, é também aquele que não guarda rancor, o que pode ajudar em momentos difíceis de algum relacionamento. Como Áries é em signo jovial, seria interessante assumir essa jovialidade e buscar nos momentos de lazer se desligar realmente dos desafios que a vida impõe e se divertir intensamente para carregar as baterias novamente.
O ano de 2018 é regido pelo número 11; isso se dá pela somatória dos números 2 + 0 + 1 + 8 = 11. Em alguns livros sobre numerologia, encontramos esse número desdobrados novamente (1 + 1 = 2). Mas, particularmente, acredito que não deveria ter esse desdobramento, já que o número 11 é um número mestre esotérico, de importância espiritual.
11 é o número da intuição, do visionário, do mestre, do líder. A pessoa que tem em seu mapa numerológico o número 11, poderia ser um diplomata, pois saberá lidar com todos os lados de uma questão. Esse é um número que eleva as mentes para o plano Divino, pois intensifica a espiritualidade, fazendo com que as pessoas estejam mais próximas do mundo invisível. Essa vibração traz muitas realizações, mas também muitas exigências. Só será possível conquistar os objetivos materiais voltando-se para o mundo espiritual.
As palavras-chaves para este ano são cautela e objetividade. Não é o momento de fazer coisas sem pensar e sem ter feito um bom projeto. É um ano de provas e é preciso praticar a paciência. As pessoas estarão mais intuitivas e desejando que a espiritualidade faça parte de suas vidas.
O número 11 tem uma vibração muito difícil, que exige padrões mais elevados, portanto este será um ano em que as pessoas serão mais exigidas em todas as áreas da vida. Os holofotes estarão voltados para aqueles que desejam empreender algo e isso tanto pode ajudar como atrapalhar, por isso é preciso buscar o equilíbrio entre o espírito e a matéria. O lado material não deverá ser o único objetivo. Para não errar, é sempre bom ouvir a intuição e reforçar o lado espiritual. A individualidade e o egoísmo serão um desafio a ser transposto, já que este será o ano das parcerias.
Se esse número vibrar no aspecto negativo poderá gerar nervosismo, inquietação, instabilidade tanto material quanto espiritual, depressão, falta de iniciativa, desatenção, falta de senso de direção da vida, mesquinhez, enfim, tudo pode virar de cabeça para baixo. Esse realmente não é um ano para pessoas egoístas. A Divindade está dizendo que já basta, que a situação da maneira em que está não pode mais continuar.
No tarot, o número 11 é representado pela Força. Nesta carta, existe a figura de uma mulher que segura um leão pela boca, mas não sabemos se ela está dominando o animal ou se está sendo dominada por ele. Essa representação agrega tanto a energia espiritual como a energia instintiva. Se formos a fundo na questão, podemos dizer que a Força pode tanto nos dar a iluminação e aflorar a criatividade, como pode trazer bloqueios e repressões. No tarot cabalístico, a Força é a conquista e a vitalidade. Ela não tem um lado negativo propriamente dito como no tarot tradicional. A sua representação em hebraico é a letra Kaph (mão humana), que corresponde ao nome Chabiri (o primeiro céu).
Depois de um ano depressivo em todos os aspectos, como foi 2017, que 2018 seja o ano do retorno da energia vital através da carta da Força. O animal que ela domina poderia atacá-la ferozmente, mas a mulher sabe como se harmonizar com que ele e isso representa a dimensão mais sublime da alma. É o poder do milagre. A Força representa o início de um novo ciclo. Ela nos remete a uma nova vida, onde existe a coragem de correr riscos que até então parecia impossível ao entendimento humano. Vamos usar o magnetismo dos números a nosso favor e fazer com que esse seja o ano da renovação em todos os sentidos!
Namastê!


Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *