Espiritualidade

O que significa perdoar?

Desde que nascemos, estamos sempre em contato com diferentes pessoas e situações que nem sempre estão de acordo com o que desejamos. O ser humano é imperfeito e por isso existe sempre o risco de se cometer deslizes que podem servir para o crescimento ou para a destruição. Cada um escolhe o caminho que deseja seguir.
Às vezes, as pessoas nos desapontam com seus atos… Em outras situações, nós é que desapontamos os outros… Podemos também desapontar a nós mesmos… Isso acontece porque todos nós estamos em eterno aprendizado. Nossa alma procura aprender com os acertos e com os erros para evoluir. Assim como acontece com as crianças, que caem muitas vezes antes de aprender a andar de bicicleta, todas as pessoas passarão por momentos desagradáveis até que aprendam a lidar com aquela situação.
Exercer o perdão contribui para que a carga energética negativa criada nesse momento de aprendizado seja desfeita e as pessoas possam continuar seguindo em frente, pois a mágoa, a tristeza, o ressentimento, a raiva criam apenas estagnação e mais energias negativas. Contudo, não se pode confundir perdão com “ser feito de bobo(a)”. Os narcisistas, por exemplo, vêm sempre com a desculpa de que não importa quantos atos perversos tenham cometido, que eles sempre têm o direito de serem perdoados. Quem foi prejudicado por eles pode até perdoar para não ficar carregando essa energia negativa consigo, mas também não deve ficar se submetendo a uma eternidade de agressões. Isso seria exercer um auto-sacrifício sem propósito.
O perdão também deve ser algo espontâneo, que a pessoa faça porque percebe que assim se sentirá mais leve, e não porque a sociedade ou a religião diz que é obrigatório. Todos temos o livre-arbítrio e cabe somente a cada um a escolha do que acredita ser ou não correto para sua vida. Se a decisão for produtiva, a pessoa irá colher essa energia; o mesmo vale para decisões destrutivas. Nós atraímos tudo o que é compatível com nossa forma de pensar e o que vamos colher com nossas decisões é problema nosso! Tudo tem consequências, por isso nunca se deve deixar levar pelo o que outros dizem que é certo ou não. A decisão é apenas sua!
No vídeo, eu falo sobre os três tipos de perdão: o que oferecemos aos outros, o que recebemos dos outros e o que oferecemos para nós mesmos. Sim! Também nos desapontamos, como eu disse antes, por isso também precisamos aprender a nos perdoar. Isso é extremamente importante para deixar de andar em círculos e ter uma vida mais produtiva. Assista o meu ponto de vista sobre esse assunto e depois diga aqui nos comentários de que maneira obter esse conhecimento contribuiu para sua evolução.

Que o Universo lhe ilumine!

Namastê.


Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *